crise

cri.se
substantivo feminino
1.
MEDICINA alteração repentina no estado de saúde de alguém aparentemente saudável ou agravamento súbito de uma doença crônica
2.
manifestação súbita e intensa de natureza emocional ou nervosa; acesso; ataque
3.
ECONOMIA redução do crescimento de uma economia, geralmente conduzindo a aumento do desemprego, desequilíbrio da balança comercial, empobrecimento etc.
4.
momento de impasse ou de perturbação na evolução de um fenômeno ou de uma situação
5.
contexto de perigo, tensão ou conflito
6.
fase de ruptura em relação a hábitos ou crenças até aí adotados
7.
carência de algo; escassez
8.
problema
crise epilética
MEDICINA distúrbio súbito e transitório da função cerebral, característico da doença epilética, que é causado por atividade excessiva de células nervosas do cérebro e que pode provocar convulsões, perda de sensibilidade e do conhecimento etc.
ORIGEM DA PALAVRA|Do grego krísis, pelo latim crise-, «fase decisiva de doença»
Exemplos complementares
Exemplos tirados da internet, não verificados pela equipe editorial
Exemplos complementares - up
  • A agenda do presidente americano no reino hachemita foi dominada pelo tema da crise síria.
  • A alta tanto aponta para a retomada da economia quanto levanta suspeitas de uma bolha especulativa como a que levou à crise de 2008.
  • A crise [da Turquia] é reflexo da indisciplina fiscal e um balanço de pagamentos fragilizado.
  • A crise aérea de 2007 foi o auge do desacerto das empresas em relação à pontualidade.
  • A crise da água mostra o efeito de não termos mata ciliar preservada.
  • A crise da democracia representativa é medida pela convicção que tem o eleitorado da desvalia do voto como instrumento de mudança.
  • A crise de abastecimento gerada pela greve dos caminhoneiros, que durou 11 dias no final de maio, ajudou a inflacionar o preço.
  • A crise de identidade do futebol mundial também ajuda a entender o baixo-astral em Moscou.
  • A crise de segurança pública ceifa atividades prestadoras de serviços, especialmente ligadas à indústria de alimentação.
  • A crise desnuda o cargo e o revela em sua dolorosa crueza e venalidade.
  • A crise do petróleo (o Brasil importava 80% do seu consumo) produziu uma grave deterioração das condições internas.
  • A crise é agravada por uma vendeta política entre o chavismo, que controla a Presidência, e seus rivais no Congresso.
  • A crise é terreno fértil, ainda, para boataria e notícias falsas difundidas por redes sociais e aplicativos de mensagens.
  • A crise econômica da primeira metade desta década foi tratada como apêndice político.
  • A crise fez embolar a eleição presidencial, marcada para 6 de setembro.
  • A crise gerada por um sistema pobremente concebido está aí e suas sequelas deverão perdurar por vários anos.
  • A crise no futebol dinamarquês chegou ao fim nesta quinta-feira, ao menos momentaneamente.
  • A crise persistia, a República do Galeão continuava exigente, o marechal Lott mal conseguia controlar o brioso Exército.
  • A crise política também se aprofundou: o governo golpista amarga a maior impopularidade da história republicana.
  • A crise político-policial ainda não permite pressentir seu desfecho.
  • A crise resulta de sucessivas ondas sísmicas de choque decorrentes do abalroamento que segue seu curso.
  • A crise tem espantado muitos brasileiros para outros países e um dos destinos preferidos é Portugal.
  • A crítica frankfurtiana tem sua história, ela prolonga o neokantismo de Max Weber e adota, na verdade acriticamente, uma noção de crise de origem fenomenológica.
  • A despeito de tudo, até da crise moral, o governo vai atravessando o despenhadeiro.
  • A distribuição de renda esbarrou na crise econômica lancinante.
As frases de exemplo refletem o uso da palavra pesquisada e foram selecionadas automaticamente a partir de diferentes fontes online. O conteúdo das frases não é controlado nem representa a opinião do meudicionario.org ou dos seus editores.

Palavras começadas por