verso
forma do verbo versar
1.ª pessoa do singular do presente do indicativo de versar

verso

ver.so
substantivo masculino
1.
cada uma das linhas de um texto poético, que obedece a determinadas normas rítmicas
2.
composição poética
3.
arte poética
4.
lado oposto
5.
página oposta à da frente
6.
lado interior das folhas dos vegetais
7.
face posterior de qualquer objeto
ORIGEM DA PALAVRA|Do latim versu-
Exemplos complementares
Exemplos tirados da internet, não verificados pela equipe editorial
Exemplos complementares - up
  • A conciliação no verso final traduz o temperamento de Moreira.
  • A fluência do canto de Natalie também se visualiza num gestual delicado que destaca cada verso e cada voluta melódica.
  • Acredite, não quero debochar o verso.
  • Agora ela está sendo louvada em verso e prosa por muitos dos que a atacaram.
  • Ali aprendi que anadiplose é o nome do truque em que a última palavra de um verso ou segmento de prosa é retomada no seguinte.
  • Artesão do verso, ele é o poeta da hiperestesia.
  • Casa do feitiço, casa do viço: do verso de Dante ao vero dendê.
  • Com que maestria o autor, que é membro do Conselho da Fecomércio, traça um panorama sobre o atual e caótico quadro político brasileiro, colocando descalabros e acertos lado a lado, verso e anverso da mesma moeda.
  • Delate qualquer alteração de cor e verifique o prazo de validade apócrifo do Frigorífico goiano gravado no verso.
  • Dezesseis histórias, ora em prosa, ora em verso, sobre os feitos heroicos de uma tribo turca, os Oguzes.
  • Emprega-se aqui, sabe o leitor pessoano, o verso com uma ligeira torção de sentido.
  • Mas posso imaginar sua alegria ao identificar cada palavra, verso ou estrofe.
  • Mimetizava cada verso, melodia e trejeito.
  • Não há verso ou prosa, por melhor que aparente ser, que resista ao poder corrosivo de uma platitude.
  • O sentido obscuro e a pobreza lírica de cada verso que prima pela rima, mas não pelo bom gosto e pelo discurso engajado, volta ao debate cada vez que soa o primeiro tamborim.
  • O título, se escandido, revela um decassílabo, o verso de dez sílabas de que se faz um soneto.
  • O verso mais polêmico tem sido “Bate palminhas / Pra nossa fadinha”.
  • Principalmente nesse verso: 'Eis que uma brusca mudança de cena/Leva os olhares lá pruma morena'.
  • Sua versão endurece o verso livre whitmaniano e mata o fluxo recitativo de fala ritmada do original.
  • William Marx abre o livro com a Ilíada de Homero, a guerra de Troia em seu décimo ano de morticínio, evocada, desde o primeiro verso, por uma deusa ou musa.
As frases de exemplo refletem o uso da palavra pesquisada e foram selecionadas automaticamente a partir de diferentes fontes online. O conteúdo das frases não é controlado nem representa a opinião do meudicionario.org ou dos seus editores.

Palavras começadas por